A Terapia Manual na Fisioterapia




http://reabilitarcoluna.site.med.br/fmfiles/index.asp/::XPRZ72Y::/tratametno%20coluna1.jpg

A fisioterapia manual tem evoluído bastante nos últimos anos. A maioria das diretrizes institucionais de tratamento musculoesquelético inclui essa modalidade como recurso terapêutico.  Alguns estudos comparativos já evidenciaram que a utilização desse recurso é mais custo-efetiva, o que o torna uma importante opção de tratamento no âmbito da saúde coletiva.

Cd de Bobath

Cd de Osteopatia

A fisioterapia manual foi incorporada tanto à prática clínica dos fisioterapeutas quanto a sua legislação, através da resolução 220 de 23 de maio de 2001, na qual o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO) reconhece a quiropraxia e a osteopatia como especialidades do profissional fisioterapeuta. A utilização desta abordagem necessita de treinamento específico e raciocínio clínico sobre as diversas condições clínicas para alcançar a melhoria da funcionalidade e da qualidade de vida.

Cd de Maitland

A Fisioterapia Manual é o segmento da fisioterapia que possibilita o fisioterapeuta avaliar seu paciente, como um todo, buscando a disfunção e a causa da dor, detectando anormalidades do movimento, testando tecidos estruturais anatômicos, objetivando, assim, um tratamento direcionado e mais eficaz nas disfunções músculo-esqueléticas.

A Fisioterapia manual analisa 3 sistemas

- Sistema Muscular
- Sistema Articular
- Sistema Neural

Para cada sistema existe um tratamento próprio e a Fisioterapia Manual possui ferramentas adequadas para detectar cada tipo de problema, utilizando técnicas diferenciadas para seu tratamento, o que possibilita a recuperação do paciente em menor tempo.



Comente:

Nenhum comentário