5 terapias que podem ajudar o combate ao Tabagismo




http://revistavivasaude.uol.com.br/upload/imagens_upload/terapias_antitabaco.jpg

O tabagismo é uma doença complexa e o seu controle requer a integração de diversos tipos de tratamentos.
A maioria das recaídas após um período de abstinência de cigarros está relacionada a situações de estresse psicológico. E as terapias alternativas ajudam a combater o tabagismo.

As terapias alternativas podem ajudar o "ex-fumante" nesse processo, principalmente nesses momentos de maior stress. 

Acupuntura


Uma revisão em cima de 38 pesquisas sobre essa técnica e métodos semelhantes, como acupressão, concluiu que ainda faltam provas consistentes de que sejam decisivos para vencer o vício. Na maioria dos casos, psicoterapia e reposição de nicotina funcionariam melhor.

Hipnose

Trabalhar o estado de consciência não obteve efeito expressivo em um período de seis meses de cessação, segundo análise crítica de 11 experimentos. Mas outro estudo sugere certo benefício quando a hipnose é acompanhada de adesivos de nicotina.

Meditação

Embora a ciência tenha de avaliar melhor seu impacto, um artigo recente indica que a meditação do tipo mindfulness presta um belo serviço na empreitada antitabagismo - e avaliações com exames de neuroimagem já estão sondando o porquê.

Ioga

O braço do governo americano dedicado às terapias complementares financiou um estudo com o objetivo de testar, em mulheres, um programa de ioga para aumentar as chances de escapar do vício. O resultado foi positivo. Menos ansiedade e recaídas.

Tai chi chuan

Em uma pesquisa da Universidade da Flórida, nos Estados Unidos, essa arte marcial em câmera lenta mostrou bom potencial como suporte a quem quer se livrar das tragadas. Mas ainda se esperam evidências em larga escala para bater o martelo.



Comente:

Nenhum comentário