Saiba mais sobre a Engenharia da Telecomunicação





O engenheiro de telecomunicações é o responsável por criar, desenvolver e manter projetos e sistemas que transmitem informações.

Esses projetos incluem telefonia (móvel ou fixa), satélites, óptica, redes de computadores, transmissão e processamento de imagens, cabeamentos aéreos e subterrâneos, empresas de rádio e televisão, torres e estações de comunicações, e qualquer setor (privado ou público) que exija uma infraestrutura de telecomunicação de pequeno, médio ou longo alcance. Ou seja, é uma área bem vasta.

Cd de Engenharia da Telecomunicação

Cd de Engenharia de Software
Essas informações trocadas existem na forma de dados, digitais ou analógicos, que podem ser de imagem (televisão, internet), voz (televisão, telefonia, rádio), sinais (rádio, antenas, satélites) e qualquer tipo de transferência comunicativa, inclusive informações codificadas.

Como foi exemplificado, as áreas de atuação e a finalidade de um engenheiro de telecomunicação são bem amplas, pois atualmente é uma área bem genérica, já que as maneiras, dispositivos e meios de se comunicar estão cada vez mais independentes e em constante renovação. Nada impede que em um futuro próximo surja um tipo novo de comunicação, seja entre pessoas, entre máquinas ou entre pessoas e máquinas, totalmente inovador e que seja tão, ou mais importante, que os nossos meios atuais. Ninguém esperava que algo fosse superar e nos aproximar tanto quanto as cartas, nem o telégrafo, nem o rádio, nem a televisão, nem o telefone...

O nome engenharia não é a toa. Um dos maiores investimentos da área está no ramo da criação e da pesquisa. Todos os dias vemos equipamentos e novidades tecnológicas, que são frutos de trabalho e criatividade por parte de engenheiros, que estão em constante processo de inovação, renovação e aperfeiçoamento.

Atua em empresas concessionárias de serviços de telecomunicações, de telefonia fixa e móvel, de cabeamento estruturado e fibra óptica e de infraestrutura para sistemas de telecomunicações. Também encontra trabalho na indústria eletroeletrônica, nos órgãos reguladores das atividades de telecomunicação e nas empresas de pesquisa científica e tecnológica.

Como foi exemplificado, as áreas de atuação e a finalidade de um engenheiro de telecomunicação são bem amplas, pois atualmente é uma área bem genérica, já que as maneiras, dispositivos e meios de se comunicar estão cada vez mais independentes e em constante renovação. Nada impede que em um futuro próximo surja um tipo novo de comunicação, seja entre pessoas, entre máquinas ou entre pessoas e máquinas, totalmente inovador e que seja tão, ou mais importante, que os nossos meios atuais. Ninguém esperava que algo fosse superar e nos aproximar tanto quanto as cartas, nem o telégrafo, nem o rádio, nem a televisão, nem o telefone...

Com ajuda daqui

Comente:

Nenhum comentário