Sabendo mais sobre o Shiatsu






Shiatsu é uma forma de tratamento oriental cada vez mais difundida no ocidente e or isso vários profissionais estão fazendo uso para tratar pacientes com diversos problemas.

O shiatsu é semelhante à Acupuntura mas não se usam agulhas. Através dos polegares, dedos e palmas das mãos é aplicado uma pressão manual e digital sobre a pele e em várias partes do corpo do paciente para tratar as patologias. Também pode-se alongar essas estruturas  com o intuito de prevenir e tratar a doença pela estimulação dos poderes de recuperação naturais do corpo, eliminando elementos que produzem fadiga, e promovendo a boa saúde geral.

Suas principais características são:

1. Diagnóstico e terapia combinados. Cada aplicação Shiatsu é o diagnóstico que capacita o terapeuta a tratar de acordo com as condições do corpo. As mãos e os dedos de um terapeuta treinado são sensíveis o bastante para detectar anormalidades na pele ou nos músculos ou no calor corporal no contacto e assim localizar irregularidades com precisão e determinar imediatamente qual tratamento básico empregar.

2. Usando somente as mãos e os dedos, o Shiatsu não exige a assistência de qualquer dispositivo mecânico ou medicamentos.

3. Sem efeitos colaterais. Desde que os pontos a serem tratados, a pressão e a duração da aplicação sejam avaliados, de acordo com o objetivo, o tratamento não é acompanhado por desconforto e não produz quaisquer efeitos colaterais.

4. Sem limites de idade. O Shiatsu pode ser usado por pessoas de todas as idades desde crianças até idosos. No jovem, ele ajuda a fortalecer o corpo; em adultos e pessoas de meia-idade, ele previne as chamadas doenças da idade adulta e o envelhecimento.

5. Shiatsu é barômetro de saúde. O Shiatsu regular ajuda a detectar irregularidades corporais e a prevenir o acumulo de fadiga e a ocorrência de doença.

6. Crença e confiança profundas entre o paciente e o terapeuta. A determinação do terapeuta para curar e a confiança do paciente na terapia combinam-se e interagem para aumentar a eficácia do tratamento.

7. O Shiatsu é eficaz porque ele trata o corpo como um todo.

O tratamento localizado pode ter efeitos temporários mas não pode realizar curas básicas. O único modo para fazer isso é primeiro tratar o corpo inteiro e então intervir em locais que mostrem sintomas patológicos.

Indicações terapêuticas

Ajuda na recuperação do equilíbrio do sistema ósseo (dores reumáticas, artrite, …)
Flexibilização do sistema muscular (dores musculares, …)
Melhoria da postura Regulação das funções do sistema nervoso (depressões, ansiedade, …)
Libertação de tensões acumuladas (stress, …)
Estimulação dos sistemas circulatório, hormonal e linfático
Facilita as funções do sistema digestivo
Melhoria do controle do sistema endócrino.
As terapias alternativas unem técnicas milenares e modernas, sendo todas suaves e naturais, sempre em busca da melhor qualidade de vida e do bem-estar do paciente.
Um recuso terapêutico alternativo que vem destacando-se por seus resultados é o Shiatsu, técnica japonesa que surgiu aproximadamente por volta 1930, quando se fundiram as técnicas de Do-In, Seitai e Anma, originando-se assim o Shiatsu Tradicional.
Para o profissional que quiser estudar o shiatsu e sua atuação na saúde dos pacientes, os Cds Universitários tem o CD de conteúdo de Shiatsu, com artigos e matérias sobre o assunto e atuação na saúde.


Comente:

Nenhum comentário