Saiba mais sobre a Terapia Ocupacional





A Terapia Ocupacional é a ciência que estuda a atividade humana e a utiliza como recurso terapêutico para prevenir e tratar dificuldades físicas e/ou psicossociais que interfiram no desenvolvimento e na independência do cliente em relação às atividades de vida diária, trabalho e lazer.

Áreas de Atuação

As áreas de desenvolvimento desta profissão são vastas, visto que a incapacidade funcional é causada por vários fatores (congênito, stress, traumas físicos, psíquicos e neurológicos, dentre outros). Daí a importância do TO em:

Creches, escolas regulares e especiais;
Hospitais psiquiátricos, clínicos e cirúrgicos;
Empresas e Hotéis;
Centos de saúde, de convivência e comunitários;
Clínicas e Consultórios;
Atendimento domiciliar e outros.

Ocupação e Saúde

A Terapia Ocupacional fundamentou-se no conceito de que os seres humanos têm uma natureza ocupacional. Isto é, é natural estarem envolvidos em uma atividade, e o processo de estar ocupado contribui para a saúde e o bem estar do organismo.

Atividades

Atividade Sem Propósito: Não existe meta inerente além da função motora utilizada para realiizar a atividade;

Atividade Com Propósito: É fundamento da Terapia Ocupacional e sua principal
modalidade de tratamento. Existe o envolvimento físico e mental simultâneo do paciente.

A atividade Selecionada com Propósitos Terapêuticos Deve Ser:

Orientada a uma meta;
Ter algum significado para o paciente;
Satisfazer as necessidades individuais em relação aos papéis sociais;
Exigir a participação mental ou física do paciente;
Ser adaptável; graduável e adequada a idade;
Ser prescrita por um terapeuta ocupacional.
Intervenção Terapêutica Ocupacional Direcionada
Área de desempenho: Atividades de vida diária (AVD), o trabalho, e as
atividades de lazer.
Componentes de desempenho: Componente sensoriomotor, integração
cognitiiva, habilidades psicossociais e os componentes psicológiicos.
Contexto de desempenho: Dimensões temporais (idade, processos
importantes da vida do iindivíduo) e ambientais, físicos, mentais e sociais.

Modelo de Reabilitação

O termo reabiiltação significa um retorno à habilidade, ou seja, um retorno às utilidade física, mental, social, vocacional, e econômica mais completa possível para o indivíduo.Significa a capacidade de viver e trabalhar com as capacidades remanescentes.

O Modelo de Reabilitação usa a mensuração que capacitam o paciente a viver o mais independente possível com alguma deficiência residual.Usando o modelo de reabilitação a Terapia Ocupacional focaliza mais as áreas de desempenho.

A meta do programa é minimizar os obstáculos da deficiência. O Terapeuta Ocupacional deve avaliar as capacidades do paciente e determinar como superar os efeitos da deficiência.

Métodos de Tratamento do Modelo de Reabilitação:

 Aquisição de tecnologia auxiliar e treino para seu uso;
Vestuário adaptado;
Cuidados com a casa;
Avaliação e adaptação da residência;
Dirigibilidade da cadeira de rodas;
Avaliação e treino dos cuidados pessoais;
Atividades relacionadas ao trabalho

Veja os Cds de conteúdo que a Cds Universitários possui para Terapia Ocupacional. Clique aqui!



Comente:

Nenhum comentário