Saiba mais sobre a Enfermagem do Trabalho







A área de Saúde do trabalhador está em larga expansão. Com o crescimento da consciência dos direitos do cidadão, a demanda por profissionais que cuidem da saúde e da segurança no ambiente de trabalho, evitando acidentes e doenças ocupacionais, tem se tornado cada vez maior. Ao se pós-graduar em Enfermagem do Trabalho, você desenvolverá conhecimentos e habilidades específicos para lidar com a saúde da população trabalhadora do país.

A enfermagem do trabalho é uma das funções em que alguém formado em Enfermagem pode se especializar.

Além de ser responsável por atendimentos ambulatoriais na empresa em que atua, um enfermeiro do trabalho tem como função participar do estudo de condições de periculosidade com a equipe de segurança do trabalho.

Um enfermeiro do trabalho também é responsável pela elaboração e execução de planos de proteção à saúde dos empregados. Eles estudam as causas de ausências dos funcionários e participam de grupos que realizam pesquisas sanitárias. Também fazem diversos levantamentos de doenças e lesões que podem atingir os colaboradores da empresa em que atuam.

O enfermeiro do trabalho é responsável pela coleta de dados estatísticos sobre a saúde dos trabalhadores, investigando possíveis relações das doenças que os funcionários desenvolvem com as atividades que eles realizam. Assim, ter um enfermeiro do trabalho faz com que a empresa viabilize suas operações e aumente sua produtividade. Nesse sentido, todo o planejamento relativo a campanhas de promoção de saúde nas companhias é de responsabilidade desse profissional.

Diferentemente do que o senso comum pode imaginar, um enfermeiro do trabalho tem como função não somente o atendimento a ocorrências emergenciais, mas principalmente o planejamento, análise e execução de ações que visam a rotina saudável de toda a equipe da empresa.

Esse profissional estuda e observa condições de higiene, periculosidade e segurança no ambiente de trabalho, além de planejar e executar ações de prevenção de riscos e acidentes com os trabalhadores. Cabe a ele a coleta de dados de doenças ocupacionais, realização de inquéritos sanitários, coleta de dados estatísticos de morbidade e mortalidade de trabalhadores e etapas precedentes aos estudos epidemiológicos.

Executa e avalia programas de prevenções de acidentes de trabalho e de doenças profissionais ou não-profissionais, fazendo análise da fadiga, dos fatores de insalubridade, dos riscos e das condições de trabalho do menor e da mulher, para propiciar a preservação de integridade física e mental do trabalhador.

É sua função treinar e instruir trabalhadores no uso de equipamento de proteção individual (EPI), na prevenção de doenças do trabalho em harmonia, complementabilidade e concordância com os outros profissionais de saúde do trabalho e segurança do trabalho.

Conheça mais sobre essa especialidade da Enfermagem com o CD de Enfermagem do Trabalho. São artigos e matérias com assuntos sobre essa especialidade. Clique aqui.



Comente:

Nenhum comentário