Curriculo do estudante de Medicina






Muita gente sequer imagina mas é importante um estudante universitário ter um currículo para conseguir um estagio, seja em que área for.

Neste post, trataremos do currículo do estudante de medicina, que eu vi neste post.

Existem várias coisas que você pode fazer e que, tecnicamente, "contarão ponto" no seu currículo quando for fazer residência. Porém, em cada estado analisam isso de uma forma diferente, e a tendência é que cada vez mais a prova seja valorizada em relação ao seu histórico.

Por isso, tente fazer aquilo que te trará conhecimento e reconhecimento (dá pra fazer um slogan de propaganda aqui). Coisas que possam te trazer contatos na área médica (algo especialmente bom para aqueles que não são filhos de médicos) e também enriquecer seu conhecimento. Não chegue no fim do curso com um currículo em branco, pois isso também vai depor muito contra você (pode passar uma imagem de desinteressado). Porém, não deixe que atividades das quais você não tem obrigação de participar atrapalharem seus estudos. Como disse, as provas estão sendo mais valorizadas.

De qualquer forma, aqui estão algumas coisas que são valorizadas em currículo (o quanto elas serão valorizadas depende do local, e até mesmo de quem vai avaliar):
  • Monitoria
  • Participação em ligas acadêmicas (falarei mais sobre isso)
  • Trabalhos científicos publicados em congressos nacionais e internacionais
  • Média acima de 8,5 em pelo menos 50% das matérias
  • First Certificate in English (FCE) com nota A (outros certificados - de outros de idiomas - também são aceitos, porém não sei informar a partir de que nota isso acontece - no caso do FCE, notas B e C não contam)
  • Organização de eventos científicos (com CNA)
Os Cds Universitários tem vários CD com conteúdo de assuntos de Medicina. Clique aqui e veja!

Clique aqui e tenha informação por Whatsapp

Comente:

Nenhum comentário